Frei Michel da Cruz, OFMConv
No presente há sempre um presente: a chance de se trabalhar.
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
Lava-pés na Pandemia
Os pés se converteram em mãos.
A água se transformou em álcool gel.
Todos clamam a ajuda do céu!
Por medo, fechamo-nos agora ou não?
A toalha cedeu lugar à máscara.
O nosso egoísmo, o vírus desmascara.
A mesa virou celular ou computador.
O mestre, de escravo, fez-se cuidador.
Pedro recusa a gravidade da situação.
E Judas somente deseja seu quinhão.
Frei Michel da Cruz
Enviado por Frei Michel da Cruz em 02/04/2021
Comentários