Frei Michel da Cruz, OFMConv
No presente há sempre um presente: a chance de se trabalhar.
Capa Meu Diário Textos Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
A essência do Cristianismo
O essencial, a essência do cristianismo, é o amor. Este é o ponto mais importante da fé cristã. Não estamos falando de um amor estrondoso, barulhento, que busca holofotes e satisfação na admiração alheia. O amor é feito de coisas simples, de gestos delicados e, muita das vezes, imperceptíveis aos olhos acostumados com feitos portentosos. O amor cristão é a doação total, livre e gratuita de si mesmo. Esse é o jeito de amar de Deus, a quem ousamos chamar de Pai. Seu amor não exige provas. Pelo contrário, ele mesmo dá provas, em seu Filho Jesus Cristo do quão extremamente nos ama. Na história de amor entre Deus e os homens, o mérito não está na iniciativa humana de amar a Deus, mas sim no amor exagerado de Deus pelos homens manifestado na gruta de Belém, nos gestos e na cruz de Jesus. Deus é Amor e quem ama, verdadeiramente, é filho de Deus, porque mostra no mundo o jeito de ser do Pai.
Convém destacar que é amar não é o sinônimo de dar coisas. Amar é dar-se a si mesmo. Quem ama pode até fazer doações e dar objetos, mas, ao fazer isso, ele também se dá. Quem ama partilha o pouco que tem entregando-se, confiadamente, nas mãos de Deus que é capaz de multiplicar o nosso pouco. O grande milagre do amor reside, assim, em sua força fraca, na sua pequenez, que se torna grande e transforma a humanidade. Quem ama, de verdade, com o seu pouco, faz milagres.
Frei Michel da Cruz
Enviado por Frei Michel da Cruz em 08/01/2020
Comentários